Avançar ou Retroceder, depende de nós

Acontecimentos cotidianos para refletirmos a respeito.

Existe uma regra simples na natureza; tudo que semeamos colhemos. Isso é fato, tudo o que plantamos, sem dúvida, um dia iremos colher.

Deus em sua infinita sabedoria deu ao homem o livre arbítrio para escolher o bem ou o mal. Somos dotados de uma grande capacidade para discernirmos o que é saudável e o que é prejudicial para nós.

No entanto, o desejo de conquista, a ambição, o egoísmo, a inveja, a luxúria, a soberba e tantos outros sentimentos mesquinhos têm levado o ser humano ao verdadeiro caos. O que vemos hoje nos noticiários é retrato de uma sociedade egoísta e desvirtuada dos verdadeiros valores.

Pior de tudo é que boa parte das mazelas que têm afligido este século é advindo do próprio progresso que vivemos. Com o avanço tecnológico, os meios de comunicação em massa têm bombardeado nossa mente com todo tipo de bobagens.

Consequentemente, no meio de tudo isso, está o interesse mesquinho pelo mercado capitalista. Somos vistos como fatias de bolo as quais são disputadas a “tapas” pelas comunidades de mercado sedentas por faturamento.

Atualmente, não vemos em rodas de debates se discussões sobre os valores éticos e morais. Não há uma preocupação na educação das nossas crianças e jovens. O que se vê é um consumidor em potencial.

Então, no mais profundo silêncio, ainda há uma voz que não quer calar e que clama: Aonde tudo isso vai parar?! Esta safra que se iniciou pautada em sentimentos e desejos questionáveis, a seu tempo, sem dúvida, colherá seus frutos.

 

Escritor e autor do livro "O Segredo do Sucesso".

  Valdiney Souza Por Valdiney Souza


Receba nossas novidades

* campos necessários
 

Publicidade




 

Salvar

Salvar

Parceiros

© 2016 Onliterário - Todos os Direitos reservados. Produzido por Guia Network